Notícias de Mercado

11/10/19

Super Nosso sobreviveu a assédios do Carrefour e firmou parceria, diz CEO

O Super Nosso, empresa mineira do ramo de supermercados, sobreviveu às tentativas de compra da multinacional francesa Carrefour, que atua no mesmo setor, e firmou uma parceria para administrar 17 lojas dela na região Metropolitana de Belo Horizonte. Todos os estabelecimentos com a bandeira “Carrefour Bairro” serão geridos pela companhia mineira.

 

Ainda em análise no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a negociação entre os grupos, que durou dois anos, foi firmada nesta quarta-feira (9) e deve ser concluída até outubro do ano que vem.

 

Em entrevista a O Tempo, o CEO da Super Nosso, Euler Nejm, garante que não há qualquer fusão com a companhia francesa, ressalta que sua empresa é sólida e acredita que a parceria será benéfica para os dois grupos.

 

“Eu tinha interesse em comprar as lojas do Carrefour Bairro e eles vinham assediando a gente há dois anos. Nunca tive interesse de vender, nossa empresa é sólida, é uma marca bem aceita no mercado”, conta.

 

Com a colaboração, o grupo Super Nosso espera dobrar as vendas e a quantidade de empregos nos supermercados Carrefour Bairro. “Conhecemos o público mineiro, temos infraestrutura para isso e vamos trazer várias melhorias para o consumidor final de Belo Horizonte. É uma soma de expertises”, acredita.

 

No evento de assinatura da parceria, realizado nessa quarta-feira (9) no Espaço Meet da churrascaria Porcão, no bairro São Bento, região Centro-Sul de Belo Horizonte, estiveram presentes executivos das duas empresas e o governo do Estado, Romeu Zema (Novo).

 

O chefe do Executivo estadual disse, na ocasião, que um acordo dessa magnitude beira o “sobre-humano”. “Fico extremamente feliz disso ter ocorrido em Belo Horizonte, com uma empresa mineira. Uma empresa tão grande quanto o Carrefour ter escolhido como parceiro, para confiar a gestão de suas lojas, uma empresa mineira”, concluiu.

 

A parceria é a primeira do grupo Carrefour no país e conta com aporte financeiro dos dois grupos. O valor do investimento, porém, não foi revelado. O Super Nosso, que é a 17ª maior cadeia de supermercados do país de acordo com o Ranking Associação Brasileira de Supermercados (Abras),  tem outras 50 lojas próprias na região Metropolitana da capital e também é dono do Apoio Mineiro.

 

Geração de empregos

 

O grupo Super Nosso deve abrir mais dez empreendimentos no segundo trimestre de 2020, afirma Euler Nejm. Segundo ele, há previsão de cinco supermercados com a bandeira da empresa e cinco novos do atacado Apoio Mineiro na região metropolitana de BH.

 

"Temos um plano de expansão, cujo cronograma será repensado depois da parceria com o Carrefour. Mas, no segundo trimestre, haverá novos empreendimentos”, garante o empresário.

Com a colaboração entre a empresa mineira e a multinacional francesa, na qual o Super Nosso vai administrar os 17 supermercados Carrefour Bairro em BH, há expectativa de criação de pelo menos 1.200 empregos, entre diretos e indiretos.

 

Também há perspectiva de que as vendas dobrem. “Faturamos, por metro quadrado, o dobro do que o Carrefour fatura. Esse número deve dobrar nos supermercados em que vamos atuar e o mesmo deve se repetir nas vagas de emprego”, pontua Euler Nejm.

 

Fonte: O Tempo