Notícias de Mercado

30/10/19

Comércio vê primeira queda no percentual de famílias endividadas este ano

Pela primeira vez no ano, o percentual de famílias endividadas mostrou queda, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Em outubro, 64,7% do total de famílias relataram ter algum tipo de dívida, contra 65,1% no mês anterior, quebrando uma sequência de nove meses de elevação no indicador.

 

“Após um período de forte crescimento do crédito, os recursos extras advindos do FGTS e PIS/Pasep, somados à sazonalidade positiva no mercado de trabalho, favoreceram a redução do endividamento”, aponta em nota o presidente da CNC, José Roberto Tadros.

 

A pesquisa apontou, no entanto, que houve aumento da proporção de famílias com dívidas ou contas em atraso, de 24,9% para 24,5%, na passagem de setembro para outubro. Também cresceu o percentual das que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas atrasadas, de 9,6% para 10,1% do total, refletindo um maior comprometimento de renda das famílias com as dívidas, de acordo com a entidade.

 

O cartão de crédito segue como a principal dívida dos brasileiros, apontado por 78,9% das famílias endividadas. Em seguida, aparecem os carnês (15,5%) e o financiamento de carro (9,5%).

 

Fonte: G1 - Economia