Notícias de Mercado

05/11/19

Carne moída sem ingredientes animais lançada pela Fazenda Futuro chega aos mercados

A startup Fazenda Futuro ficou conhecida pelo Futuro Burger, um hambúrguer vegetal que é carro-chefe da empresa carioca e promete ser uma solução livre de ingredientes de origem animal, mas com aparência, sabor e textura de carne.

 

Agora, a marca está indo além e planeja vender carne moída vegetal em supermercados. Assim como o Futuro Burger, a carne moída vegetal passará por pesquisas para ser uma opção sustentável da proteína animal, levando entre os ingredientes grão de bico, ervilha, soja e beterraba.

 

De acordo com o site PEGN, a carne moída vegetal da Fazenda Futuro não terá antibióticos, colesterol, glúten ou transgênicos e a bandeja com 270 gramas custará aproximadamente R$ 17,99.

 

A primeira rede a comercializar o produto será o Pão de Açúcar, em 20 pontos de venda na cidade de São Paulo. A startup, diz o mesmo site, espera expandir as vendas para as outras lojas da varejista e, na sequência, para outros pontos que já comercializam o hambúrguer vegetal.

 

A Fazenda Futuro foi criada em abril pelo empreendedor Marcos Leta, que já tinha experiência fundando a marca de bebidas Do Bem, que vende bebidas saudáveis em caixinhas e foi comprada pela Ambev em 2016.

 

É crescente o número de iniciativas em favor da produção de hambúrgueres vegetais. O Impossible Burger, por exemplo, é feito pela Impossible Foods, que fica no Vale do Silício (EUA) e foi fundada por um professor Ph.D da Universidade de Stanford. Bill Gates é dos seus investidores. Já são 1,3 mil restaurantes dos Estados Unidos que servem o produto. O Burger King também entrou na onda com o Whopper com carne vegetal, mas que tem sabor de carne.

 

Segundo a ONU, o hambúrguer está destruindo o planeta. “Reduzir o consumo de carnes é uma parte essencial para prevenir a degradação de nosso meio ambiente. Incluir hambúrgueres sem carne beneficia empreendimentos, consumidores e o nosso planeta”, diz a entidade.

 

Fonte: Hypeness