Notícias de Mercado

10/09/19

Brasileiros preferem adquirir produtos naturais e orgânicos

Segundo o levantamento da Kantar “Who Cares, Who Does”, o consumidor tem se preocupado com seu bem-estar. Ao fazer compras, 68,8% das pessoas declaram preferir alimentos naturais e 45,5% preferem adquirir produtos orgânicos. Contudo, os consumidores que optam por não comprar esses produtos citam o elevado preço como principal motivo. Essa busca por saudabilidade reflete também quando analisada quais informações são mais procuradas nos rótulos, uma vez que teor de açúcar, gordura e sódio se destacam. 

 

Quando o assunto é meio ambiente, há uma lacuna entre o comportamento de compra dos consumidores e seus desejos por mudanças, o que o estudo identifica como green gap. Apesar de 41,6% das pessoas declararem buscar e ler informações sobre os perigos para a fauna marinha e 37,2% sobre a poluição na água, poucas pessoas praticam ações para amenizar a situação já que apenas 5% delas se preocupam com resíduos plásticos e 59% nunca ou raramente levam sacolas ecológicas para carregar suas compras. Porém, ao tentar encontrar os principais responsáveis pela redução do material plástico, 80% das pessoas declaram que o governo, varejo e indústria deveriam ser os principais agentes dessa mudança, sendo que o número é exatamente igual no cenário global.

 

“Apesar das pessoas estarem mais preocupadas com seu bem-estar individual, vemos que a preocupação com o ambiente ao redor ainda não é tão alta. Nesse novo cenário, tudo isso se torna uma grande oportunidade para as empresas defenderem novas causas e investirem em ideias sustentáveis”, analisa Giovanna Fischer, Diretora de Marketing e Insights da Kantar.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Kantar