Notícias de Mercado

29/10/19

Big amplia em 30% o sortimento de lojas que pertenciam ao Walmart

A marca Walmart começa a sumir das lojas brasileiras. Treze hipermercados da Grande São Paulo e das cidades de Campinas, Limeira, Araras e Mogi-Guaçu já operam sob a marca Big, escolhida para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste – no Nordeste a bandeira será Big Bompreço.

 

Os investimentos da companhia, rebatizada como Grupo Big após o fundo Advent International adquirir 80% de participação no antigo Walmart Brasil, vão além da simples troca no nome das lojas. “Nosso maior desafio é garantir que o consumidor perceba mudanças efetivas na operação. Lojas reformadas, com novo layout, novos serviços e um incremento de 30% no sortimento de produtos. Acreditamos que, com essas mudanças, o consumidor perceberá que de fato esse é um novo momento da organização”, afirma Jorge Herzog, diretor executivo de hipermercado do Grupo Big.

 

Além da revitalização dos supermercados, a empresa terá maior foco e destinará investimentos aos formatos cash & carry, no qual atua com a bandeira Maxxi Atacado, e clube de compras, em que manterá a marca internacional Sam’s Club, pagando royalties ao Walmart. A destinação de recursos deve superar R$ 150 milhões até o final de 2020. Entre os planos está a conversão de unidades de hipermercado para os dois formatos. Na bandeira Sam’s Club, o objetivo é sair das atuais 28 lojas para 40 unidades nos próximos dois anos, com operações em 12 estados e no Distrito Federal.

 

Somando todas as bandeiras, o Grupo Big está presente em 18 estados brasileiros, além do Distrito Federal, com 550 lojas. A companhia emprega cerca de 50 mil funcionários.

 

Fonte: SBVC