Notícias de Mercado

08/10/19

95% dos consumidores pretendem comprar na Black Friday, diz pesquisa

Uma pesquisa feita pela plataforma de comércio eletrônico Zoom, mostrou que a Black Friday está cada dia mais consolidada no Brasil. 95% dos mais de 4 mil entrevistados disseram que pretendem comprar algum produto na data.

 

Outra informação importante recolhida no estudo se refere ao método de compra, a maior parte dos consumidores dizem que irão optar pelas lojas online ou pretendem procurar os produtos em ambas as lojas – online e física – apenas 1,5% dos entrevistados afirmaram que vão comprar apenas em lojas físicas.

 

Consumidor disposto a gastar

 

Entre os destaques da pesquisa está o fato de que 60% dos entrevistados dizem querer gastar mais que R$ 1000,00 nas compras durante o evento de 2019 e 33% pretendem usar o 13º salário, ou parte dele, para isso.

 

Disposto a gastar, mas consciente

 

O amadurecimento da data no Brasil traz ao mercado um consumidor cada vez mais consciente. 98% deles pesquisam informações e monitoram os preços dos produtos que querem comprar durante a Black Friday.

 

59% das pessoas vem poupando dinheiro durante o ano para utilizar no dia das promoções, o que significa um comprador mais otimista com as oportunidades oferecidas pelo evento. Outros 66% dos consumidores também pensam em antecipar as compras do Natal.

 

Produtos mais desejados

 

O destaque dos desejos de consumo vai para os smartphones, que ficaram em terceiro lugar na lista de itens que o consumidor gostaria de comprar. Em uma questão de múltipla escolha, 48,5% dos entrevistados dizem querer um celular novo. Os dois primeiros lugares ficaram com os cobiçados da Black Friday: os eletrodomésticos (56%) e eletroeletrônicos (50%).

 

Outros setores como moda, cosméticos, casa e decoração, esporte e lazer e livros também foram cotados como mais desejados.

 

Melhoria das lojas e sistemas de compra

 

A pesquisa revelou também que 90% das pessoas que fizeram compras na última edição do evento não tiveram qualquer tipo de problemas. Isso mostra o avanço da eficiência nas operações das lojas, o investimento em infraestrutura dos sistemas e uma melhoria no preparo para atender o cliente.

 

Fonte: No Varejo