Notícias de Mercado

01/12/17

Vendas dos Supermercados Têm Queda de 0,84%

Os supermercados apresentaram decréscimo de 0,84% em termos reais nas vendas do mês de outubro, ante o mesmo período do ano anterior. No acumulado dos dez primeiros meses do ano, as vendas reais registraram alta de 0,9% comparado com o mesmo período do ano passado. Se comparado com setembro, o resultado de outubro foi menor em 0,65% em termos reais. O levantamento foi feito pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). 


O dado real considera as vendas já descontada a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em termos nominais, as vendas de outubro avançaram 1,86% ante o mesmo mês de 2016. Em dez meses, o crescimento nominal é de 4,52%. De acordo com a Abras, a Black Friday prejudicou as vendas em outubro. A entidade avaliou que os consumidores ficaram aguardando promoções e postergaram suas compras de bens de maior valor agregado para o mês seguinte. 


Cesta de Alto Consumo 
 Os preços de uma cesta de itens de alto consumo no país ficaram estáveis em outubro, na comparação com o mês anterior, com alta de 0,04% nos preços da cesta de produtos Abrasmercado - pesquisada pela GfK e analisada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da Abras. Na comparação com outubro do ano passado, os preços registraram queda de 7,82%, de acordo com o levantamento. A maior queda no mês de outubro foi registrada no preço do arroz, que recuou 4,66% ante o mês anterior. Outras quedas fortes foram registradas nos preços do pernil, com recuo de 4,41%, do açúcar, que caiu 3,15%, e do sabão em pó, o qual teve redução de preço de 2,04%. Entretanto, as maiores altas foram: a batata (49,70%), tomate (5,78%) e extrato de tomate (3,18%). 


Fonte: Giro News