Notícias de Mercado

15/01/19

Vendas do varejo no Brasil crescem em 2018 pela 1ª vez desde 2014, diz Cielo

A empresa de meios de pagamento Cielo informou nesta terça-feira que seu índice de vendas do varejo (ICVA) apontou no ano passado o primeiro crescimento desde 2014, avançando 2,5 por cento ante 2017, descontada a inflação.

 

“O resultado de 2018 ratifica a trajetória de recuperação do varejo (...) mesmo com eventos que impactaram o resultado do ano, como a paralisação dos caminhoneiros e a copa do mundo”, afirmou em comunicado à imprensa o diretor de inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto.

 

Em dezembro, as vendas do varejo, segundo o ICVA, subiram 3,3 por cento, descontada a inflação, sobre o mesmo período de 2017.

 

O índice foi divulgado pouco depois de o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciar que as vendas no varejo do país em novembro subiram 4,4 por cento sobre um ano antes, mesmo número apurado em dezembro pela Cielo.

 

Segundo a companhia de meios de pagamento, todos os setores do varejo nacional registraram crescimento de vendas em 2018. O segmento de não duráveis foi o que mostrou a maior alta, de 4,6 por cento, com supermercados apresentando o melhor desempenho e postos de gasolina registrando retração.

 

O segmento de bens duráveis e semiduráveis teve crescimento de 1,1 por cento nas vendas no ano passado, impulsionado por móveis, eletrodomésticos e lojas de departamento, enquanto vestuário limitou a expansão geral do segmento.

 

Já serviços teve crescimento de 0,7 por cento, puxado pelo setor de turismo e transporte, enquanto a área de bares e restaurantes mostrou queda.

 

Fonte: Reuters