Notícias de Mercado

07/03/19

Preço do corte dianteiro registra queda no varejo, aponta Abras

O corte dianteiro de carne bovina ficou entre os quatro itens que mais sofreram redução mensal de preços em janeiro da cesta Abrasmercado. O grupo é composto pelos 35 produtos mais consumidos nos supermercados brasileiros e monitorado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

 

No geral, o dianteiro recuou 2,13% no primeiro mês de ano, ante o valor de dezembro, informa a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), que também destacou as quedas mensais do preço do tomate (-14,54%), farinha de trigo (-9,78%) e leite longa vida (-2,41).

 

Na comparação com janeiro de 2018, o valor do dianteiro apresentou alta de 2,62%.

 

No entanto, um olhar mais atento para o levantamento da Abras mostra que essa baixa geral no preço do dianteiro em janeiro foi puxada pelas regiões norte e nordeste, onde o produto recuou 7,39% e 1,80%, respectivamente, na comparação mensal. No sudeste, sul e centro-oeste, o dianteiro registrou elevação mensal de 2,69%, 1,35% e 0,74%, respectivamente.

 

Já o corte de carne bovina traseiro teve alta de 1,93% no preço em janeiro ante dezembro, com destaque justamente para as regiões Norte (+3,71%) e Nordeste (+3,79%). Em relação ao preço de janeiro de 2018, o traseiro apresentou aumento de 1,90%.

 

Fonte: Portal DBO