Notícias de Mercado

03/06/19

Festas juninas e Dia dos Namorados devem aquecer o comércio no mês de junho

 

Depois de um crescimento tímido de 1,7% no Dia das Mães, os lojistas da RM Vale esperam um movimento um pouco maior para o Dia dos Namorados. De acordo com um levantamento realizado pelo Sincovat (Sindicato do Comércio Varejista de Taubaté e região), a expectativa é que as vendas aumentem cerca de 3%, com relação ao mesmo período de 2018.

 

Além do varejo, a data também envolve outros setores, principalmente o de serviços, como restaurantes, por exemplo. Entre a lista dos produtos mais procurados estão roupas e acessórios, calçados, perfumes, chocolates e flores.

 

O tíquete médio esperado pelos lojistas é de R$ 110. Para o presidente do Sincovat e vice-presidente da FecomercioSP, Dan Guinsburg, tradicionalmente, o valor gasto pelos namorados é maior que as outras datas comemorativas. "Normalmente, os casais acabam gastando um pouco mais, na intenção de impressionar um ao outro. Os presentes mais criativos também são bastante procurados, assim como os jantares românticos", comenta Dan.

 

Festas Juninas

Santo Antônio, São João e São Pedro também vão dar uma forcinha para o comércio em  junho. A região tem tradição nas festas típicas e alguns setores costumam ter um número maior de clientes nesta época do ano. Mais de 50% das empresas do comércio varejista de gêneros alimentícios são afetadas de forma positiva. Supermercado (85%) e bebidas (55%) são as atividades mais influenciadas pelas comemorações.

 

As lojas de decoração e doces registram um movimento 30% maior que os outros períodos do ano. "Essas datas sazonais são sempre importantes para o comércio. Na região, temos festas juninas em comunidades, igrejas, escolas e condomínios e se estendem até o final de julho, começo de agosto. Então, o lojista precisa criar um ambiente agradável, fazer uma decoração que ajude a valorizar os produtos e, principalmente, realizar um bom atendimento", indica o presidente do Sincovat.

 

Fonte: Agora Vale