Notícias de Mercado

01/03/19

Feijão, tomate e batata encarecem a cesta básica de fevereiro

A cesta básica está 13,4% mais cara em fevereiro em comparação com o mês anterior. Feijão, tomate e batata foram os produtos que mais aumentaram de preço. O feijão subiu 62,5%. A alta está associada a redução da área plantada do grão, em função de problemas climáticos e desilusão do produtor com o preço da saca.

 

O tomate teve alta de 34,4% e a batata, de 23,8%. Aumentaram também a banana (21,1%), carne (8%) arroz (7,1%), margarina (4,9%), leite (3,7%) e pão (0,7%).

 

A carne é o produto com maior peso na cesta básica, este mês representou 38,6% do preço, ficando em média R$ 22,28 o quilo. No mês passado estava a R$ 20,64 na média. O preço mais barato encontrado foi de R$ 15,69 e o mais elevado de R$ 26,59. A carne tem como referência sempre o coxão mole.

 

A farinha (-5,8%), café (-4,5%), açúcar (-2,8%) e o óleo (0,5%) apresentaram queda.

 

O valor médio da cesta básica é de R$ 380,58, obtido a partir dos preços dos dez supermercados. No entanto, se o consumidor se dispusesse a adquirir os produtos de menor preço em cada um dos supermercados pesquisados, conseguiria esta mesma cesta 28,2% mais barata, ou seja, pagaria R$ 322,38.

 

Mas, em uma situação mais real, se o consumidor comprar todas as mercadorias que compõe a cesta básica no supermercado que apresenta os menores preços pagará por ela R$ 334,85 ou 12% mais barato que a média, porém, se comprar naquele que estiver mais caro, pagará R$ 448,17, 18% mais caro que a média.

 

Fonte: Folha de Londrina/PR