Notícias de Mercado

20/02/19

CACB e Câmara Internacional de Comércio promovem fórum global no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro receberá, nos dias 12, 13 e 14 de junho, mais de 1.200 lideranças empresariais e autoridades de vários países para o 11º World Chambers Congress, maior fórum global do setor, realizado pela primeira vez na América do Sul. O evento é organizado pela International Chamber of Commerce (ICC) - que defende os interesses de mais de 6 milhões de empresas e associações empresarias em 130 países, em parceria com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

 

George Pinheiro, presidente da entidade coorganizadora, acredita que o evento, cujo tema é "Criando um futuro compartilhado", oferecerá um momento único para conectar participantes e gerar oportunidades de negócios: "Vamos compartilhar as melhores práticas, trocar ideias e inspirar novos pensamentos, debatendo formas de atores não-estatais conquistarem mais espaço na governança de seus países, por meio de sua influência, cadeias de suprimento e base global de clientes".


A missão do encontro é inspirar ação, estimular a colaboração e desenvolver um senso de valores compartilhados dentro e entre as comunidades de negócios e a rede global de câmaras. Para tanto, um dos focos está no papel do mundo empresarial nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) e nos desafios do setor privado para a implementação da Agenda 2030.


Qualidade da programação

 

A programação contará com palestrantes de renome, incluindo Arancha González, diretora executiva da International Trade Centre de Genebra e agente de desenvolvimento das Nações Unidas. Ela é especialista em questões de comércio internacional, foi chefe de gabinete da Direção Geral da Organização Mundial do Comércio e porta-voz da Comissão Europeia para o comércio. Atualmente, co-preside o Conselho da Agenda do Fórum Econômico Mundial (WEF) sobre o Futuro do Comércio e do Investimento.

 

Também já estão confirmados os nomes de Hamad Buamim, presidente e CEO da Dubai Chamber of Commerce and Industry; John W.H. Denton, secretário-geral da ICC; María Fernanda Garza Merodio, presidente e CEO da empresa mexicana Orestia S.A; Yassin Al Suroor, presidente e CEO do A'Amal Group da Arábia Saudita; e Timothy Murphy, do Conselho Global da Mastercard. Há, entre os convidados, palestrantes brasileiros, caso do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do atual ministro da economia Paulo Guedes, e, ainda, destaques como Gita Gopinath, do Fundo Monetário Internacional.


As sessões plenárias começam com a discussão sobre a necessidade de adequação das instituições às mudanças sociais, à revolução digital e às novas tendências de mercado, com o tema ‘Um mundo disruptivo: Abrindo novos caminhos para um futuro compartilhado'. Também serão abordados os impactos econômicos e sociais da corrupção e como é possível lidar com o problema e estimular inovação, na plenária ‘Construindo mercados justos e transparentes para todos'. A sustentabilidade é outro item da agenda, que vai tratar dos desafios criados com as mudanças climáticas e a necessidade de adaptação dos negócios, a partir da pauta ‘Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) e as Mudanças Climáticas: Prosperando em uma Economia de Baixo Carbono'.


O incentivo à nova geração de empreendedores também será debatido no Congresso, que trabalhará os temas ‘O discurso da liderança: Mudando o mundo permanentemente'. ‘Repensando a educação: Habilidades para a economia global do futuro' será o tema de mais uma plenária, que pretende abordar a transformação da aprendizagem por conta das novas tecnologias e os novos modelos de negócios. Como as empresas podem fortalecer a movimentação de talentos para promover a inovação e crescer? Esta é a questão a ser discutida na plenária ‘Potencializando a mobilidade humana para o crescimento econômico e o empreendedorismo'. Em ‘Construindo cidades inteligentes da maneira correta' será debatido o impacto da sociedade urbana na economia e no planeta e como o aumento da população afeta o nosso futuro.


Haverá dez workshops, que vão debater desde a revolução do comércio eletrônico para pequenas empresas até a internacionalização dos micro e pequenos negócios e o papel das câmaras de comércio nesse processo de expansão para mercados estrangeiros, passando pela tecnologia blockchain e suas aplicações mais promissoras; novas fronteiras na facilitação do comércio; investimentos na infraestrutura inclusiva em economias emergentes; alternativas financeiras fora das instituições bancárias tradicionais; formas de impulsionar negócios com passaportes para mercadorias, certificados de origem e outros documentos; mecanismos extrajudiciais de solução de conflitos nas relações comerciais; e a adaptação das câmaras para a transformação digital.


11º World Chambers Congress ainda promove a Competição Mundial de Câmaras de Comércio, único programa de prêmios que reconhece projetos inovadores realizados por entidades de todo o mundo. São quatro categorias, para valorizar propostas de Educação e Treinamento; de Desenvolvimento de Pequenas e Médias Empresas e Empreendedorismo; de Captação de Novos Associados; e Não Convencionais. A premiação será realizada durante o jantar de gala de encerramento, no dia 14, às 20h.


Serviço

11º World Chambers Congress
Data:12, 13 e 14 de junho de 2019
Local: Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Clique aqui para mais informações.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da CACB