Notícias de Mercado

27/12/18

Após quatro meses em queda, valor da cesta básica em Caruaru registra aumento

 

Após quatro meses em queda, o valor da cesta básica em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, registrou aumento em novembro. De acordo com a pesquisa mensal feita por alunos de ciências contábeis e gestão financeira do Centro Universitário UniFavip|Wyden, no 11º mês do ano, a alta no valor foi de 5,56%, a maior dos últimos seis meses. O custo da alimentação básica do caruaruense, que antes custava R$ 232,53, atingiu o valor de R$ 245,46.

 

Segundo a professora do UniFavip, Eliane Alves, responsável pela pesquisa, os itens que apresentaram uma elevação de preço e contribuíram para a alta do valor da cesta básica foram o tomate, a banana, a farinha e o feijão. Já a margarina, o açúcar e o café registraram queda.

 

No mês de novembro, a cesta caruaruense continuou apresentando um preço menor que a de Recife, mas a diferença de R$ 88,04 foi menor se comparada às variações dos meses anteriores.

 

Em novembro, a cesta caruaruense foi mais barata R$ 104,76 se comparada à média nordestina e R$ 150,09 se comparada à média da cesta nacional. A pesquisa mostrou que, no mês, a carne, o pão e os legumes foram, respectivamente, os itens que mais pesaram nos gastos alimentares do caruaruense.

 

Ainda de acordo com a pesquisa, para conseguir ter acesso a uma alimentação básica capaz de garantir a sobrevivência digna de um grupo, uma família caruaruense deveria receber um salário mínimo de R$ 2.062,09.

 

Fonte: G1 - Caruaru e Região